18.3 C
Quarai
15 de abril de 2021

Exploração de trabalho escravo em Quaraí

Na manhã da quinta-feira (28), a Polícia Civil deflagrou a Operação Unaí, em parceria com a Gerência Regional do Trabalho de Uruguaiana e o Ministério Público do Trabalho de Uruguaiana, e com a participação do Conselho Tutelar de Quaraí, para coibir a exploração do trabalho escravo. A investigação iniciou visando a esclarecer situação aportada, em forma de denúncia ao Disque 100 – Direitos Humanos, na Delegacia de Quaraí, informando que, em uma Chácara desta cidade, moraria uma família, composta pelo casal e três filhos, onde as 2 crianças maiores trabalhariam na chácara, junto com o pai, fazendo atividades que não condiziam com suas respectivas idades, além do filho menor, de 07 anos de idade, fazer as tarefas de adulto, obrigado por seu pai, conforme a denúncia e com agressões, situação que, em tese, configuraria trabalho infantil.
 
Durante o esclarecimento da situação, antes da Operação, foram verificadas as condições em que a família morava, sendo local insalubre, sem água potável e, pelo depoimento do trabalhador, se verificou que ele trabalhava, no local, sem receber salário, fazendo todas as atividades do estabelecimento rural em troca de uma cesta básica e itens para consumo.
 
Durante a Operação Unaí, a família foi resgatada e o dono da propriedade rural foi conduzido até a DP de Quaraí para prestar suas declarações acerca do Inquérito Policial instaurado para apurar o delito do art. 149 do CPB. A Operação Unaí, coordenada pela Delegada Patricia Sanchotene Pacheco, teve a participação de policiais civis da Delegacia de Polícia de Quaraí e da Delegacia Regional de Livramento.
 
Fonte: PC
Imagem Ilustrativa

 

Carregando...