15.8 C
Quarai
24 de setembro de 2021

Policiais Civis farão Sirenaço, nesta quarta (10), por vacina e contra as mortes de Policiais pela Covid-19

A UGEIRM (Sindicato dos Policiais Civis) está convocando um Sirenaço, nesta quarta-feira (9) às 10 horas, para alertar a população em relação ao crescimento do número de mortes de Policiais Civis em decorrência da Covid-19 e em defesa da vacinação imediata dos Policiais Civis. Em Porto Alegre, a direção do Sindicato estará em frente ao Palácio da Polícia e convoca os (as) demais policiais a realizar o Sirenaço em suas delegacias de origem, em todo o estado, respeitando todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19.
 
Exatamente às 10 horas, as sirenes das viaturas policiais serão ligadas durante 3 minutos, como forma de chamar a atenção da população e homenagear todos os policiais que morreram em decorrência da Covid-19.
 
Políticas de proteção dos Policiais precisam ser revistas urgentemente
Somente nesta semana, foram registradas três mortes de Servidores da Polícia Civil, vítimas da Covid-19. Desde o início da Pandemia, foram registradas várias mortes de Policiais Civis. Na última sexta-feira (5), tínhamos mais de 80 policiais civis com teste positivo para Covid-19. Esses casos e essas mortes, demonstram que estamos em um novo momento da Pandemia e é preciso, urgentemente, intensificar as políticas de proteção dos Policiais Civis.
É preciso que seja retomada, de forma rigorosa, as políticas de distanciamento social nas Delegacias, com a exigência que a população utilize máscaras e mantenha o distanciamento recomendado, além da restrição no número de pessoas dentro das Delegacias. É preciso que o revezamento seja retomado em todas as Delegacias e não apenas como uma recomendação aos Delegados. É preciso que a política de proteção aos Policiais seja centralizada na Chefia de Polícia, sem a possibilidade de cada Delegacia determinar suas regras. O momento é extremamente grave para toda a população, como já demonstrado pelo próprio governador Eduardo Leite, ao acabar com o sistema de gestão compartilhada. Nesse momento, a Chefia de Polícia precisa ser rigorosa e exigir que todas as regras sejam seguidas em todas as Delegacias.
 
 

 
 
 
Carregando...