21.6 C
Quarai
23 de janeiro de 2021

RS abre novos leitos diante de alta da pandemia, que já matou mais de 7 mil no Estado

O Estado chegou a 7.043 mortos pelo coronavírus ontem. Com uma média móvel diária de 51 mortes, patamar que não era registrado desde 15 de setembro, a tendência agora é de alta – o índice cresceu 28% em relação a duas semanas atrás. A Secretaria Estadual da Saúde (SES) registrou ainda 5.882 novos infectados, de um total de 337.003 casos confirmados desde o começo da pandemia. A ocupação de leitos em UTI no Estado está em seu terceiro dia acima de 80%, quase metade das internações se deve à Covid-19.

Frente à escalada dos indicadores, o Governo do Estado anunciou 190 novos leitos no SUS, o que representa cerca de 7% dos 2,5 mil já existentes hoje. Dentre os hospitais que ganharão novas vagas em UTI, estão o Hospital Vila Nova de Porto Alegre, o Hospital Bom Pastor de Ijuí, o Hospital São Vicente de Paulo, em Cruz Alta, e o Hospital Regional de Santa Maria. Há 77 leitos que serão reabertos, ou seja, voltarão a receber exclusivamente pacientes com Covid-19, casos como os do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, do Grupo Hospitalar Conceição, do Hospital de Taquara e do Hospital de Montenegro.

 
O Estado precisa vencer ainda outro entrave: a contratação de novas equipes, conforme a secretária da Saúde, Arita Bergmann, que aproveitou o momento crítico para reforçar a importância do uso da máscara e a necessidade de evitar aglomerações.
 
Apesar da situação e dos números críticos, ainda há resistência e protestos de setores contra mais restrições. Como forma de conscientização, o Piratini lançou a campanha de conscientização “Agora Não.RS”. A mensagem estampa as novas peças do governo, que passaram a circular na televisão, nas redes sociais e nas rádios ontem. 
 
 
Carregando...