29.8 C
Quarai
1 de outubro de 2020

Sr. Juiz, ele não quer ser mais o meu amigo!

Sr. Juiz, ele não quer ser mais o meu amigo!

O baixo nível dos legisladores quaraienses e suas descabeladas ações decepciona, há poucos meses de uma nova contenda eleitoral.

O simples fato de cruzar um pelo outro nos corredores da casa legislativa provocou uma denúncia policial, quem sabe instigado pela falta de argumentos para debater, para discutir dentro dos limites da civilidade, quem sabe por descontentamento no proceder do colega, por não saber respeitar o espirito democrático e republicano do outro.

O que aconteceu na verdade foi uma discussão política, acerca de um projeto futuro envolvendo o castra-móvel, como já tiveram o Vereador Vieirinha e o Vereador Jeferson Pires diversas antes no plenário e nos corredores, sobre os mais diversos assuntos.

Em algum momento, entre gestos e fala alta, o Vereador Jeferson disse, que não mais iria dirigir mais à palavra ao Vereador Vieirinha por conta das atitudes desse e o teria chamado de louco e imoral, o que provocou uma denuncia policial e o desejo de representar judicialmente contra o edil.

Decepciona, definitivamente, a atitude de ambos.
Agora, no possível andamento da denuncia teremos de publicar as extensas justificativas do fato, as quais o editor se permite imaginar:
– Ele me chamou de louco,
– Ele não quer ser mais o meu amigo.

Durma-se com um barulho desses!
PS: é a segunda denuncia que o vereador Jeferson Pires leva por interpelar colegas aos gritos nos bastidores da casa legislativa. Quem será a próxima vítima do Fantasma do Corredor?

Carregando...